Procurar
Close this search box.
Flag
Logo, Leisure Activities, Person
Flag

As Principais Aplicações do Reconhecimento Facial

Face, Person, Human

As aplicações modernas de reconhecimento facial vão muito além de acessar um iPhone ou uma casa inteligente. Hoje, o reconhecimento facial está se proliferando em áreas como viagens, varejo, hotéis e bancos. Isto porque o reconhecimento facial pode facilitar a vida dos clientes e tornar os negócios mais eficientes.

Carros inteligentes, varejo sem caixa e fácil embarque no aeroporto são exemplos de como o reconhecimento facial está impactando o mundo e o comportamento dos consumidores.

Por exemplo, a tecnologia de reconhecimento facial está agora tomando conta dos aeroportos. Funcionários da alfândega dizem que podem embarcar até 240 passageiros em dez minutos. Os viajantes têm uma experiência menos estressante e as companhias aéreas aumentam a eficiência. Uma proposta semelhante de ganha-ganha existe com muitas outras aplicações de reconhecimento facial.

“Os cassinos podem identificar visitantes indesejados na porta. Os aeroportos podem simplificar a segurança e o embarque. Estes são os tipos de aplicações de reconhecimento facial que estão crescendo”, observa Anil Jain, Ph.D. professor e especialista em reconhecimento facial da Michigan State University.

Mas as viagens aéreas são apenas o começo. Continue lendo para descobrir como o reconhecimento facial está mudando as nossas vidas.

1. Gestão de Edifícios

O reconhecimento facial está desempenhando um papel fundamental no controle de acesso aos edifícios. Isso pode ser desde um condomínio corporativo, uma usina nuclear até uma academia ou spa particular.

“É possível vincular seu ID de academia com seu rosto, por exemplo”, continua o Prof. Jain. “E a partir de então, você pode entrar simplesmente apresentando seu rosto para uma câmera”.

O cliente não precisa se preocupar com um cartão-chave, e a academia obtém um controle mais rígido sobre questões como fraude e uso indevido. Esse caso de uso é conhecido como controle de acesso ou limitação de entrada apenas para indivíduos autorizados. Os trabalhadores trocam um crachá de identificação ou código PIN por simplesmente sorrir na frente de uma câmera.

Mas os recursos de reconhecimento facial para acesso a edifícios não se concentram apenas na segurança. Os usuários são rastreados enquanto se movem pelo prédio, ajustando as configurações de temperatura e iluminação para os níveis desejados. As luzes e os controles ambientais podem ser reduzidos em salas que não estão em uso, economizando energia.

2. Operações Aeroportuárias Simplificadas

“O reconhecimento facial pode ser encontrado em alguns aeroportos”, continua o Prof. Jain. “Uma câmera pode tirar sua foto no portão de embarque ou no controle de passaporte, combiná-la com sua identidade no banco de dados e liberar seu acesso. Não é necessário apresentar um cartão de embarque ou um documento de identidade.

O reconhecimento facial permite que os aeroportos acelerem os procedimentos de embarque e empreguem menos pessoal de segurança. E qualquer indivíduo não autorizados ou criminoso conhecido que entrar em um aeroporto, pode ser identificado imediatamente para aplicação da lei. Os passageiros voarão mais seguros e com menos estresse graças ao reconhecimento facial nos aeroportos.

Mas as companhias aéreas também colhem certas recompensas e benefícios do ponto de vista operacional. O Aeroporto Internacional de Oslo implementou recentemente câmeras de reconhecimento facial para rastreamento de ativos e equipamentos. As câmeras detectam cada equipamento à medida que ele é movido, evitando perdas e melhorando a eficiência.

3. Experiência de Consumo Aprimorada

A transição para as compras sem caixa está bem encaminhada. Marcas de fast food como o McDonalds já estão usando quiosques de autoatendimento, sem mencionar as lojas Amazon Go para mantimentos. O reconhecimento facial é o próximo passo na evolução do varejo digital.

No passado, o reconhecimento facial no varejo era principalmente uma ferramenta de prevenção de roubo e perda. Mas grandes marcas como Wal-Mart e Lenovo estão adotando o reconhecimento facial como forma de melhorar a experiência do cliente. Por exemplo, as câmeras na loja podem detectar os clientes e informar aos vendedores quais os produtos que o cliente pode gostar.

O sistema pode até enviar convenientemente uma mensagem ao cliente com um cupom ou oferta em tempo real que ele pode usar na loja. E grandes lojas de varejo, como o Wal-Mart, podem integrar o reconhecimento facial em sua rede de câmeras existente para fazer coisas como criar mapas mais detalhados de calor do cliente e caminho até a compra.

4. Serviços Financeiros e Pagamentos

Não há indústria que seja mais visada por hackers, fraudadores e cibercriminosos do que o setor financeiro. Dados do ano passado mostram que 25% de todos os ataques de malware foram direcionados a empresas financeiras, mais do que qualquer outro setor. Sem mencionar o aumento de cartões de crédito comprometidos em mais de 200% a cada ano.

“Digamos que alguém roube seu número PIN do caixa eletrônico”, diz o professor Jain. “Essa pessoa pode sacar dinheiro de sua conta de forma fraudulenta. O caixa eletrônico não saberá a diferença, pois é treinado apenas para aceitar o PIN e dispensar dinheiro.”

O reconhecimento facial potencialmente impede que esse cenário aconteça. Mesmo com um PIN autêntico, sem verificação facial o criminoso não consegue acessar a conta. O mesmo pode ser verdade para aplicativos de banco por smartphones. A verificação facial também melhora a experiência do cliente, funções como aprovação de empréstimos e autenticação de carteira de criptomoedas já estão em uso.

5. Carros Inteligentes

A condução autônoma e os carros inteligentes já estão se infiltrando na forma como vivemos e fazemos negócios. Os veículos da Tesla hoje empregam funções de direção autônoma limitadas, enquanto no ano passado a Apple patenteou a tecnologia de reconhecimento facial para desbloquear um carro. O sistema reconheceria o rosto de um usuário à medida que ele se aproximasse, destravasse as portas e até ajustasse os assentos e espelhos para essa pessoa específica.

As mesmas câmeras e tecnologia de reconhecimento facial também podem ajudar os carros inteligentes a entender seu ambiente. As câmeras podem mapear o terreno de rotas familiares para sistemas embarcados analisarem e aprenderem. Com o tempo, o carro inteligente otimiza as rotas por segurança e diminui o tempo de reação para evitar acidentes.

Carros inteligentes, varejo sem caixas e fácil embarque em aeroportos são exemplos de como o reconhecimento facial está impactando o mundo. Organizações e empresas usam o reconhecimento facial para aumentar a segurança, simplificar as operações e melhorar a experiência do cliente.

Related articles